Protocolos Multicanais para Redes de Sensores sem Fio Industriais

  • Ruan D. Gomes
  • Iguatemi E. Fonseca
  • Marcelo S. Alencar

Resumo

A implantação de Redes de Sensores sem Fio (RSSF) industriais apresenta vantagens em comparação com o uso de redes cabeadas, como a maior flexibilidade e o baixo custo. No entanto, é necessário lidar com problemas típicos de redes sem fio, como interferência e o alto nível de atenuação de pequena e larga escala, devido à existência de muitos objetos móveis e obstáculos no ambiente. Uma forma de contornar as variações na qualidade dos canais em uma RSSF industrial é o uso de protocolos multicanais e estratégias de alocação dinâmica de canal. Isso é justificável pelo fato de os canais serem descorrelacionados em frequência em ambientes que apresentam grande espalhamento de atraso eficaz, como é o caso de diversos ambientes industriais. Por meio do uso de protocolos multicanais, associado à utilização de estratégias de alocação dinâmica de canais, é possível lidar com a variação na qualidade dos canais em diferentes locais da rede e também com as características não estacionárias dos canais em longos períodos de tempo. Neste artigo, algumas características das RSSFs industriais são discutidas e o uso de protocolos multicanais e alocação dinâmica de canais é apresentado como uma possível solução para a melhoria da qualidade de serviço destas redes.

Publicado
2015-10-31
Como Citar
D. GOMES, Ruan; E. FONSECA, Iguatemi; S. ALENCAR, Marcelo. Protocolos Multicanais para Redes de Sensores sem Fio Industriais. Revista de Tecnologia da Informação e Comunicação, [S.l.], v. 5, n. 2, p. 25-32, out. 2015. ISSN 2237-5104. Disponível em: <http://rtic.com.br/index.php/rtic/article/view/67>. Acesso em: 20 set. 2020.
Seção
Artigos